agendar passaporte

O passaporte é um documento expedido pela DPF – departamento da polícia federal.

Que tem como função, identificar o cidadão brasileiro, quando esse estiver nas dependências de outro país.

Sem esse documento, a entrada do cidadão brasileiro não é permitida pela maioria dos pais, com ressalva dos país que compõem o MERCOSUL: Peru, Chile, Bolívia, Venezuela e Colômbia.

Porém, ao invés de apresentar o passaporte, o cidadão deve apresentar uma carteira de identidade com menos de 10 anos para as autoridades da respectiva federação.

E o principal requisito para emitir um passaporte é realizar o seu agendamento, pois, sem esse agendamento não é possível comparecer a Polícia Federal e requerer a emissão do passaporte.

Então, para fazer o agendamento é só entrar no sistema eletrônico adotado pela Polícia Federal através do link ao lado http://www.pf.gov.br/servicos-pf/passaporte/passaporte, clicar em “requerer passaporte” depois “agendar atendimento” e preencher os dados pedidos.

agendamento passaporte

Todos os serviços da Policia Federal para o cidadão.

Aguardar o dia e hora informado pelo site para a realização do serviço.

Até esse ano de 2017 a taxa de emissão do documento é de R$ 257,25 (duzentos e cinquenta e sete reais e vinte e cinco centavos).

CADASTRO PARA O AGENDAMENTO DO PASSAPORTE

Depois de adentrar ao site da polícia federal, é preciso que você realize o preenchimento de um cadastro que pede os seguintes dados;

  • Informação dos dados pessoas; nome completo, nome do pai e da mãe, data de nascimento, raça, estado civil e nacionalidade;
  • País e cidade no qual nasceu;
  • Número, data de emissão, órgão emissor e UF de expedição do documento de identidade;
  • Número do CPF e número do CPF do responsável caso seja menor de idade;
  • Certidão;
  • Número, seção, zona e UF do título de eleitor;
  • Situação militar (se for homem);
  • Situação do passaporte anterior se já teve
  • Alguns dados complementares;
  • E o endereço do requerente.

Então, depois de realizado agendamento do passaporte, é preciso juntar todos os dados necessários e esperar a data fornecida pelo sistema eletrônico da polícia federal.

Lembrando que se não estiver com todos os dados pedidos é preciso reagendar a ida a DPF, pois os documentos são de suma importância.

Depois de conseguir reunir todos os documentos e ir a DPF realizar o requerimento, o seu passaporte terá um prazo de 15 para ficar pronto e valerá durante os próximos 10 anos.

PASSAPORTE DE EMERGÊNCIA

passaporte de emergência

O passaporte de emergência, como o próprio nome já diz, é um passaporte que possui uma emissão mais rápida, devido a um motivo urgente.

Essa é uma regalia do cidadão que se encaixa em algumas situações como;

  • Conflitos armados
  • Catástrofes naturais
  • Necessidade de viagem urgente por motivo de saúde da própria pessoa, do cônjuge ou de parente até segundo grau
  • Necessidade de trabalho
  • Proteção do patrimônio
  • Interesse da administração pública
  • Ajuda humanitária

Se encaixando em alguma dessas situações, ou outras que não estão elencadas, mas é possível a comprovação de urgência, a pessoa terá o seu passaporte entregue em 24 horas após pagar a taxar do documento.

QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIO PARA EMITIR O PASSAPORTE?

documentos passaporte

Os documentos necessários variam se a pessoa apresentar mais de 18 anos ou menos de 18 anos.

Para os maiores de idade é preciso levar a DPF o:

  1. Documento de identificação com foto
  2. Se possuir o nome alterado deve levar também além do documento de identificação, a certidão de casamento
  3. Se o nome for alterado por decisão judicial deve levar a certidão de nascimento atualizada
  4. Título de eleitor
  5. Documento que conste a regularização do serviço militar obrigatório
  6. Passaporte anterior válido
  7. Para os naturalizados; a certidão de naturalização
  8. A comprovação do pagamento bancário da Guia de recolhimento da união referente a taxa do documento
  9. Se o passaporte anterior tiver sido furtado, extraviado ou perdido é preciso apresentar a DPF a comunicação da ocorrência do documento de viagem
  10. E se no documento de identificação não constar o número do CPF é preciso apresenta-lo também.

Já para os menores de idade a lista dos documentos exigidos é maior:

  1. Autorização expressa dos pais ou dos responsáveis. Além de que no momento de requerer o documento, o menor deve estar obrigatoriamente acompanhado.
  2. Se os pais não estiverem presentes, apresentar o documento autenticado pelo cartório da firma do genitor
  3. Se os pais tiverem falecido, apresentar a certidão de óbito original
  4. Na ausência dos pais, apresentar procuração específica com menos de 1 ano
  5. Os responsáveis legais, os genitores ou o procurador apresentaram documento original com foto
  6. Certidão de casamento se a genitora for casada
  7. O menor que for alfabetizado deverá assinar o seu passaporte na frente de um servidor da DPF
  8. A mera autorização dos pais não configura autorização para o menor viajar desacompanhado para outro país
  9. Se o menor de 18 anos for adotado em processo internacional de adoção, esses documentos também devem ser apresentados
  10. Lembrando que, havendo necessidade a polícia federal poderá requerer outros documentos fora os apresentados acima.

 

Compartilhar com amigos:

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário