caixa fgts

O empregado, durante a realização do contrato de trabalho recebe mensalmente um valor depositado pelo seu empregador em uma conta da Caixa, porém ao ser demitido sem justa causa, o mesmo não sabe qual valor referente ele terá. Dessa forma, é necessário consultar o saldo do seu FGTS.

Para realizar a consulta do saldo do seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é bem fácil, simples e rápido. Poderá ser por telefone, pessoalmente em alguma agência da Caixa Econômica Federal ou pela internet.

Além de que na hora da abertura de conta, o endereço daquele empregado que foi cadastrado, a Caixa Econômica encaminha um extrato detalhado do seu FGTS para ele. Onde o contribuinte pode acompanhar seu benefício.

Para realizar a consulta pela internet é só entrar no site http://www.caixa.gov.br/Paginas/home-caixa.aspx, tendo em mãos documentos como o número do seu PIS e a senha de acesso.

saldo fgts

Se não possuir cadastro, cadastre-se na hora. Basta acessar o portal do cidadão na página da Caixa, digitar o número do PIS ou PASEP e clicar em “cadastrar senha”.

Após isso, é só procurar a guia FGTS e consultar o saldo do seu benefício.

A consulta de extratos também poderá ser feita nas agências bancárias da Caixa Econômica federal, é só escolher a mais perto do seu domicílio, portando todos os documentos necessários e realizar a consulta.

Ou a consulta do extrato poderá ser feita pela central de atendimento, é só ligar para o telefone Caixa pelo número 0800 726 0207 de segunda a sexta feira. Não se preocupe que a ligação é gratuita é o horário de atendimento é 24 horas por dia.

quem pode sacar o fgts

O QUE É O FGTS E COMO É FEITO O SEU CÁLCULO?

Após explicar como sacar o saldo do FGTS, é importante que você entende, mas afinal, o que é esse FGTS?

O fundo de garantia do tempo de serviço é um programa do governo federal e tem como função e objetivo proteger aquele trabalhador que foi demitido sem justa causa até que ele consiga um novo emprego, não passando por necessidades e para que não se sinta pressionado a pedir empréstimos. Pois antes não existiam medidas que assegurassem esses trabalhadores regidos pela CLT – consolidação de leis trabalhistas.

Ela funciona da seguinte maneira; é aberta uma conta na Caixa Econômica Federal, vinculada ao contrato de trabalhado da relação empregado – empregador, onde todo mês o empregador deposita um valor correspondente a 8% do salário daquele empregado. Ou seja, o FGTS é formado por esses depósitos mensais.

Você pode saber mais aqui: http://www.saibaseusdireitos.org/como-funciona-o-fgts/

QUEM TEM DIREITO A SACAR O FGTS E COMO SACA-LO?

Para que o trabalhador receba seu saldo é necessário um vínculo empregatício, pois como vimos é um valor pago exclusivamente pela empresa da qual o empregado trabalha.

Dessa forma, possuem direito para sacar perante o fundo de garantia do tempo de serviço todos os trabalhadores que estão com todas as suas obrigações tributárias em dias; os Atletas profissionais; os trabalhadores rurais; e aqueles que estão regularizados e inscritos com a carteira de trabalho.

E esse valor pode ser sacado nos seguintes momentos:

  1. Ao final de um contrato temporário de trabalhado.
  2. Caso o empregado seja demitido sem justa causa pelo empregador.
  3. Quando a empresa pela qual o empregado tem vínculo empregatício abre falência ou fecha as portas.
  4. Para comprar ou financiar uma casa própria.
  5. Se o empregado descobre possuir alguma doença grave (AIDS, câncer, ou outras doenças em que possa estar em estágio terminal), também poderá sacar o seu benefício.
  6. Após o trabalhador se aposentar, tem direito a receber o valor do seu FGTS. Ou após 70 anos completados, o mesmo também pode sacar o valor.
  7. Porém, mesmo não cumprido essas hipóteses o governo poderá liberar o valor do fundo de garantia em catástrofes naturais ou em enchentes.
  8. E de acordo com o então presidente Michel Temer, o saldo do FGTS das contas que estão inativas desde o dia 31 de dezembro de 2015 também poderá ser usado, basta seguir alguns requisitos.

E para efetuar o saque do valor do seu FGTS não há nenhum segredo; em primeiro lugar o empregado deverá ser demitido sem justa causa e contatar a Caixa por qualquer meio útil, de preferência que seja pelo Canal Eletrônico Conectividade Social. Realizado o contato, terá um prazo de 5 dias para sacar o valor do benefício.

Lembrando de portar sempre documentos com foto, como RG, carteira de trabalho, o CPF, comprovante de residência, e o número do seu PIS. Depois ir até uma agência mais próxima e receber o dinheiro.

aplicativo fgts

PROBLEMAS AO SACAR O FGTS

Assim como qualquer outro programa do governo, o trabalhador ao realizar a consulta ao seu saldo do seu FGTS pode enfrentar alguns problemas.

O principal problema ao tentar realizar o procedimento é de o website não entrar.

Neste caso, é necessário que o trabalhador tente consultar seu FGTS no site da caixa em outro horário de menos movimento, como cedo da manhã ou tarde da noite, quando há menos movimento no website.

Se o problema persistir, recomenda-se que tente-se acessar o mesmo em outro computador ou celular, visto que o problema pode-se encontrar em sua máquina.

Outro dificuldade bastante comum é de os dados não baterem, e aparecer que não há nenhum trabalhador cadastro sobre aquela identidade.

Neste ultimo caso, você deve-se dirigir diretamente até o posto de atendimento da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL mais perto de você, visto que provavelmente há alguma inconsistência no seu cadastro.

Alguma dúvida acerca do texto? É só mandar sua pergunta para a nossa equipe pelos comentários abaixo ou por e-mail.

Você também tem a opção de tirar suas dúvidas ligando para o portal de atendimento da caixa pelo número 0800 726 0207.

Compartilhar com amigos:

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário