previdência social e o desconto do inss

Todo trabalhador brasileiro, detentor de carteira de trabalho, recebe mensalmente, em regra, todo dia 5º útil do mês o valor do seu salário.

O que muitos já estão acostumados é a visualizar 2 valores nesse salário.

O bruto, que incluiu todos os encargos. E o líquido, aquele que já vem com o desconto do INSS, do imposto de renda e etc.

Para saber qual são as alíquotas de desconto e como elas acontecem, fiquem conosco.

COMO É O DESCONTO DA PREVIDÊNCIA E QUAL O SEU PERCENTUAL

desconto do inss

Pois bem, para o ano de 2018, as alíquotas de desconto do INSS ficam assim estabelecidas:

  1. Recolhimento de 8% para um salário de contribuição de até 1.693,72 (mil seiscentos e noventa e três e setenta e dois centavos).
  2. Recolhimento de 9% para um salário de contribuição de 1.693,72 (mil seiscentos e noventa e três e setenta e dois centavos) até 2.822,90 (dois mil oitocentos e vinte e dois e noventa centavos).
  3. Recolhimento de 11% para um salário de contribuição de 2.822,90 (dois mil oitocentos e vinte e dois e noventa centavos) até 5.645,80 (cinco mil seiscentos e quarenta e cinco e oitenta centavos).

Essas 3 modalidades funcionam para os empregados domésticos, os empregados celetistas, e o trabalhador avulso.

E para qualquer desses trabalhadores, se possuírem mais de um emprego, suas remunerações devem ser somadas para que possa ser analisado a alíquota de desconto, sempre observando o limite do valor máximo.

E quando houver o pagamento de 13º salário, esse não integra o cálculo da remuneração para fins de análise do salário de contribuição.

Já para o caso de outros tipos de cidadãos como aqueles que são contribuintes individuais e/ou facultativos as alíquotas de descontos mudam o seu percentual, ficando assim estabelecida:

  1. Recolhimento de 5% no valor de R$ 47,70 (quarenta e sete e setenta) para um salário de contribuição de R$ 954 (novecentos e cinquenta e quatro).
  2. Recolhimento de 11% no valor de R$ 104,94 (cento e quatro e noventa e quatro) para um salário de contribuição de R$ 954 (novecentos e cinquenta e quatro)

A diferença as alíquotas da primeira e segunda opção é que a primeira é destinada para o contribuinte que é facultativo, mas de baixa renda. E a segunda, é direcionada ao plano simplificado da previdência social.

  1. Recolhimento de 20% que pode ser no valor de R$ 190,80 (cento e noventa reais e oitenta centavos) até R$ 1.129,16 (mil, cento e vinte e nove reais e dezesseis centavos) para os salários de contribuição que oscilam entre R$ 954 (novecentos e cinquenta e quatro reais) a R$ 5.645,80 (cinco mil seiscentos e quarenta e cinco e oitenta centavos).

DESCONTO DO IMPOSTO DE RENDA

Após a previdência social realizar o seu desconto no salário do trabalhador, agora é a vez do imposto de renda.

O IR irá incidir no valor que sobrou, além de apresenta um percentual de desconto que oscila entre 7,5 % a 25,5 %.

Fora isso, existe parcela fixa a ser paga, mais uma parcela variável, que muda de acordo com o salário recebido pelo cidadão.

NOVO ANO – TABELA NOVA

tabela inss 2018

Fique sempre atento, pois a tabela a todo ano se modifica com base em um decreto de lei, pois leva em conta o salário mínimo que todo início de ano é alterado.

Para o ano de 2018, ficou estabelecido o valor de R$ 954 (novecentos e cinquenta e quatro reais).

Além de que, sempre que esse salário muda, os benefícios pagos pela previdência social também mudam.

Já para os contribuintes autônomos ou facultativos, a emissão do seu carnê de pagamento leva em conta o mês anterior do salário do trabalhador, você pode conferir a tabela INSS 2018 clicando aqui.

IMPORTÂNCIA DO INSS E PORQUE É FEITO ESSE DESCONTO

A autarquia INSS é o instituto responsável por comandar a previdência em nosso país.

Por meio dela que os trabalhadores apresentam parte do seu salário reduzido.

Desse modo, é fundamental que o cidadão saiba para onde esse dinheiro retido na fonte ou pago vai.

A contribuição feita pelos trabalhadores serve para pagar os benefícios previdenciários. Ou seja, girando o capital do país e produzindo uma rotatividade daquele dinheiro.

Entre os benefícios é possível observar os mais comuns:

Mas fora o pagamento dos benefícios, o desconto incide também sobre:

  • Adicionais (insalubridade, periculosidade)
  • Aviso prévio trabalhado
  • Horas extras
  • Férias normais com acréscimo de 1/3
  • Bolsa de estudo
  • E várias outras remunerações.

Pronto!

Viram como são várias as peculiaridades dos descontos decorrentes do INSS e do IR? Procure sempre analisar o seu contracheque e saber qual a sua alíquota.

Além de ficar sempre informado do que você possui direito, ao realizar esse desconto mensal.

Em caso de dúvidas sobre o desconto do INSS, mande sua pergunte pelos comentários abaixo ou por e-mail.

Compartilhar com amigos:

Leia também:

2 Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário