diabetes aposenta

Só no Brasil, temos milhões de pessoas portadores de diabetes. Que sofrem com os diferentes graus da doença, e em alguns casos, gerando direito tanto ao auxílio-doença como à aposentadoria por invalidez, se diferenciando pelo fato da intensidade da doença e na capacidade do segurado se recuperar.

Antes de entramos no mérito se o portador de diabetes tem ou não direito a aposentadoria por invalidez ou a concessão do beneficio de auxílio-doença, primeiro precisamos entender o que significa ser portador desta doença.

O que é Diabetes?

A Diabetes mellitus é causada no ser humano por haver excesso de açúcar no sangue, podendo ser adquirida tanto por hereditariedade ou pelos hábitos alimentares da pessoa.

Se classifica em dois tipos: Tipo 1 e tipo 2

A primeira ocorre quando o pâncreas não produza insulina ou produza quantidade insuficiente, criando excedendo de açúcar no sangue no individuo. Já o tipo 2 ocorre por conta da obesidade, em pessoas com mais de 30 anos e idosos, nesse caso há a produção de insulina, mas ela não tem efeito no corpo.

Os principais sintomas da doença é sono, infecções com facilidade e excesso de urina.

Pode-se fazer um exame conhecido como hemoglobina glicada, para se detectar a doença no corpo.

A diabetes possui diferentes estágios, e não é debilitante para todos que a possuem, havendo pessoas que convivem a vida toda controlando a doença, e em outras pessoas geram grandes problemas em sua vida.diabetes inss

Quando a diabetes gera o direito a aposentadoria?

Os segurados do INSS ou de regime próprio, que possuem a diabetes, podem requerer o beneficio da aposentadoria por invalidez ou do auxílio-doença, quando a doença impede que a pessoa consiga exercer o seu trabalho, tornando muito difícil ou mesmo impossível da mesma de realizar suas atividades.

Normalmente o INSS não considera que só por ser portador da doença automaticamente se gere o direito ao beneficio, deve-se provar através de laudos periciais e médicos, que o cidadão está impossibilitado para o labor.

Caso o seu caso seja de impossibilidade de trabalhar, você terá o direito de se aposentar por ser portador de diabetes, nesse caso você pode agendar no INSS um pedido de aposentadoria por invalidez ou de auxilio-doença conforme explicado anteriormente.

Para isso, importante que o segurado procure juntar todas as provas possíveis que no seu caso está realmente impossibilitado de trabalhar, como:

  • Documentos que comprovem a doença
  • Laudos periciais ou médicos
  • Visitas ao hospital por causa da doença
  • Atestado médico

Requer-se também um prazo de 12 meses de contribuições para ser possível pedir o benefício. Isso é chamado de período de carência,diabetes aposenta

Como requerer a aposentadoria no INSS?

Para requerer o seu benefício junto ao INSS, primeiramente você deve juntar todos os comprovantes possíveis, seus documentos pessoais e a carteira de trabalho, ligando 135 ou agendando online.

O benefício será pago pela previdência social desde o dia do seu agendamento, porém deve ter sido realizado até trinta dias após o afastamento do emprego.

Lembre-se de preencher todos os dados com o máximo de informações possíveis e de levar tudo que possa comprovar que você realmente está incapacitado para o trabalho.

Caso seja negado ou indeferido pelo INSS, você pode entrar com um recurso administrativo. É recomendável que se faça com a ajuda de um advogado ou da defensoria pública.

Espero que nosso texto tenha ajudado um pouco quem é portador de diabetes a entender um pouco melhor se pode se aposentar ou não, e quando isto é possível.

Qualquer dúvida, basta deixar um comentário que nossa equipe responderá rapidamente.

 

 

Compartilhar com amigos:

Leia também:

3 Comentários

  1. Sou policial Militar do Estado do Piauí, fiquei Diabético aos 44 anos de idade, por erro médico, estou fazendo o uso de insulinas 3x ao dia, sendo pela manhã antes do café 20 unidades de NPH e antes do almoço 12 unidades de REGULAR e antes da Janta 20 unidades de NPH, o especialista disse que meu caso não tem mais como reverter, estou pela Junta médica há dois anos e não querem conceder a minha aposentadoria com a integralidade, como posso proceder e o que devo fazer?

    • Tenho 74 anos, estou aposentado por invalidez permanente desde 2005, é já passei por duas juntas médicas para confirmação. Pergunta: Eu posso publicar um livro e vendê-lo, com o meu nome?

  2. Boa noite, sou diabético Mellitus tipo 1 desde os meus quatro anos de idade, hoje eu tenho 31 anos, há 27 anos de Diabetes, hoje a minha doença vem me atrapalhando muito tanto na vida profissional, quanto na pessoal, pois os sintomas mudaram em relação a hipoglicemia principalmente, pois não sinto quando minha glicose está baixando, quando sinto não tenho discernimento de ao menos dizer que apenas preciso de um doce, perco completamente os sentidos, fico sem noção, quando me perguntam se estou bem sempre digo a mesma coisa, que sim está tudo bem, hoje eu estava no trabalho quando tive mais uma crise e só acordei no hospital. Não pude continuar, fui enviado pra casa mais uma vez, me preocupo por que posso ter uma crise em lugar que não me conhecem e até acontecer o pior.
    Gostaria de saber o que posso fazer para ter direito ao benefício ou se eu teria direito a ele.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário