sine seguro desemprego

O Sistema Nacional de Emprego – SINE é um local que o trabalhador deve comparecer para poder concluir o recebimento do seu benefício do seguro-desemprego.

E em algum dos postos de atendimento do SINE que são apresentados todas as documentações exigidas para a concessão do benefício.

Além de ser preciso preencher um formulário entregue por eles.

Depois de se apresentar ao Sistema Nacional de Emprego começa a contar um prazo de 30 dias em que o trabalhador terá para receber o seu seguro desemprego SINE.

Claro que com a informatização do sistema público, esse formulário entregue pelo SINE agora pode ser preenchido de forma online.

E o prazo de 30 dias também começará a contar do dia do preenchimento do formulário online.

Porém, mesmo realizando alguns serviços através da internet o trabalhador ainda deve comparecer ao SINE para a entrega dos seus documentos, além de ser uma forma de evitar fraudes, pois é preciso responder o formulário com dados que apenas o beneficiário tem conhecimento.

COMO REQUERER O SEGURO DESEMPREGO?

Primeiro, o trabalhador deve entrar no site do emprega Brasil através do link https://empregabrasil.mte.gov.br/.

sine

Basta clicar em Cadastrar no site do emprega brasil

Em seguida, realizar o seu cadastro, clicando na opção “cadastrar” que fica localizada no canto direito da página.

Após clicar na opção, você será redirecionado para a página do CIDADÃO.BR. Uma página destinada a autenticação cadastral do empregado.

Então, a partir daí é só preencher os requisitos pedidos como:

  • Número do Cadastro de Pessoa Física
  • Data de nascimento
  • Nome completo
  • Nome completo da mãe
  • Estado de nascimento. Observação: caso não nascido no Brasil, clique na opção “não sou brasileiro”.

Todas essas informações serão analisadas e validadas pelo CNIS – Cadastro Nacional de Informações Sociais aonde depois de analisadas e dadas como corretas o trabalhador irá responder a um questionário com perguntas que envolvam a sua vida laboral.

Por isso, para que responda a todas as perguntas é importante que tenha por perto a sua CTPS e a rescisão contratual, já que é obrigatório a resposta de 4 das 5 perguntas feitas pelo site.

Realizado tudo isso, o trabalhador irá receber uma senha provisória de acesso, que deve ser trocada no primeiro login realizado.

Caso não consiga responder a todas as perguntas realizadas é preciso que espere um intervalo de 24 horas para tentar novamente.

Depois de concluído o cadastro o trabalhador entrará no sistema do emprega Brasil e deve procurar a opção “solicitar seguro desemprego”.

Feito isso, preencherá um cadastro (o mesmo que é apresentado nos postos do SINE).

O cadastro contém 8 páginas que dizem respeito a sua vida profissional, pessoal, acadêmica e etc.

Depois de concluir todas as páginas, é só confirmar o seu interesse em receber o benefício e agendar o dia do seu atendimento presencial no Sistema Nacional de Emprego.

PRONTO!

Agora basta ir ao posto de atendimento para receber seu seguro-desemprego caso o mesmo seja aprovado.

O QUE É O SEGURO DESEMPREGO?

Depois de ter explicado como funciona o seguro desemprego SINE, vamos falar um pouco sobre afinal, o que é o seguro-desemprego?

O seguro-desemprego é um benefício temporário destinado aquele trabalhador que foi demitido e segue alguns requisitos estabelecidos, para que ele possa com aquele dinheiro, se estabilizar e voltar ao mercado de trabalho.

Ele tem prazo de validade e só pode ser solicitado se preenchido certos requisitos pelos trabalhadores, que vão desde tempo de trabalhado até condição financeira.

QUEM PODE REQUERER O SEGURO DESEMPREGO?

Para receber o benefício do seguro-desemprego o trabalhador deve se enquadrar em algum dessas situações:

  1. Ser demitido do emprego sem justa causa ou por meio de rescisão indireta;
  2. Ser um pescador e estar no período do defeso. Esse período do defeso é onde os peixes se reproduzem e é estritamente proibido a pesca, ou seja, o pescador fica sem renda.
  3. Ser um trabalhador domestico resgatado a condições análogas a de escravo.
  4. Faça todos os procedimentos com o APP do Sine fácil 2.0

    Aplicativo sinefacil 2.0

    Faça todos os procedimento com o aplicativo do SIne Fácil 2.0

APLICATIVO SINE FACIL

O trabalhador também pode contar com o aplicativo SINE FÁCIL, para fazer o download é bastante simples.

Basta entrar no seu menu de aplicativos, como por exemplo no Google Play no seu Android.

Em seguida deve-se procurar por Sine fácil.

Após baixar o aplicativo, deve-se também realizar o cadastro e PRONTO.

Você já pode realizar todos os procedimentos diretamente do seu celular.

SINE: COMO RECEBER?

Sabe-se que o benefício é apenas destinado as pessoas que se encaixam nos requisitos listados acima.

Além de que o seguro-desemprego SINE é temporário e serve apenas como um auxílio para que o trabalhador ou espere voltar ao trabalho ou procure um novo emprego.

Então, depois de seguir todos os requisitos de cadastro – agendamento do serviço – e recebimento do benefício, você deverá analisar em quantas parcelas teve direito e comparecer a Caixa Econômica Federal nas datas emitidas pelo sistema.

Para isso, basta seguir o guia no começo da página, com cuidado na hora do preenchimento dos dados e solicitar seu benefícios.

PARCELAS DO SEGURO DESEMPREGO SINE

As parcelas desse benefício são feitas em regra de 3 a 5 parcelas.

Porém a sua concessão depende de alguns requisitos como; quanto tempo de trabalho foi realizado, se já pediu o benefício em outros momentos e etc.

Então, na primeira solicitação do benefício o trabalhador poderá receber até 4 parcelas se comprovar 18 a 23 meses de trabalho com a CTPS assinada.

Na segunda e terceira solicitação, o tempo de trabalho com CTPS assinada será de 12 a 23 meses de trabalho.

Já para que o trabalhador receba 3 parcelas do seguro desemprego na sua terceira solicitação do benefício – deve comprovar um tempo de serviço com carteira de trabalho assinada de 6 a 11 meses de trabalho.

Caso tenha ficado qualquer dúvida, você pode enviar um e-mail para nossa equipe, ou entrar em contato diretamente com o Ministério do Trabalho e Emprego.

Que tal compartilhar com os amigos?

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário