Consumidor deve gastar R$ 1 mil em compras de Black Friday

As expectativas de vendas no setor varejista estão aumentando com a aproximação do Black Friday de 2023. No estado de Mato Grosso, prevê-se que 60% dos consumidores gastem mais de R$ 1.000 em compras, o que poderia resultar em um movimento de quase R$ 500 milhões em todo o estado. Esses dados são provenientes da “Pesquisa de Intenção do Consumidor para o Black Friday”, realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso (Sebrae/MT), que também alerta sobre fraudes.

A edição deste ano do evento ocorrerá durante a semana de 24 de novembro e promete oportunidades tanto para os consumidores quanto para descontos atrativos e promoções. Segundo a pesquisa do Sebrae/MT, a maioria dos consumidores em Mato Grosso pretende gastar mais de R$ 1.000 durante o Black Friday, indicando um perfil analítico. A pesquisa online é o fator que mais influencia a decisão de compra dos consumidores durante o evento.

Os anúncios do “Black Friday Warm-up” no ambiente virtual saem na frente ao oferecer uma prévia dos descontos aos consumidores. Para uma experiência positiva, os consumidores buscam variedade de produtos e preços competitivos. O bom atendimento ao cliente, ambientes seguros e facilidades na troca ou devolução também são importantes para manter a audiência.

Outros fatores relevantes para os consumidores incluem entrega rápida, serviço de qualidade, facilidade na navegação do site e política flexível de devolução. Quanto aos produtos com maior demanda esperada, destacam-se os eletrônicos, moda e roupas, móveis e decoração, beleza e cuidados pessoais, livros e mídia, jogos e brinquedos.

No entanto, o evento também atrai golpistas que aproveitam a vulnerabilidade dos consumidores. Páginas falsas e anúncios patrocinados são criados para roubar dinheiro e dados dos consumidores. É importante que os consumidores estejam alertas às ofertas online e evitem cair em armadilhas. A facilidade oferecida pelos algoritmos pode ser explorada pelos oportunistas. Esses golpes não apenas causam prejuízos aos consumidores como também prejudicam a reputação das empresas legítimas.

Portanto, os consumidores devem estar atentos à segurança virtual durante o Black Friday. Por mais que as oportunidades sejam atrativas, é fundamental verificar a autenticidade dos sites e anúncios antes de efetuar qualquer compra. Dessa forma, poderão aproveitar as promoções sem cair em golpes e garantir uma experiência positiva durante o evento de compras.

NotíciaInformações Importantes
Expectativas de vendas no setor varejista– Aproximação do Black Friday de 2023
– Prevê-se que 60% dos consumidores em Mato Grosso gastem mais de R$ 1.000 em compras
– Movimento de quase R$ 500 milhões em todo o estado
– Dados provenientes da “Pesquisa de Intenção do Consumidor para o Black Friday” realizada pelo Sebrae/MT
Perfil dos consumidores em Mato Grosso– Maioria pretende gastar mais de R$ 1.000 durante o Black Friday
– Influência da pesquisa online na decisão de compra
Anúncios do “Black Friday Warm-up”– Oferecem prévia dos descontos aos consumidores
– Variedade de produtos e preços competitivos são importantes para uma experiência positiva
– Bom atendimento ao cliente, ambientes seguros e facilidades na troca ou devolução também são relevantes
Produtos com maior demanda esperada– Eletrônicos, moda e roupas, móveis e decoração, beleza e cuidados pessoais, livros e mídia, jogos e brinquedos
Golpes durante o Black Friday– Criação de páginas falsas e anúncios patrocinados para roubar dinheiro e dados dos consumidores
– Importância de estar alerta às ofertas online e verificar a autenticidade dos sites e anúncios
Segurança virtual durante o Black Friday– Verificar a autenticidade dos sites e anúncios antes de efetuar qualquer compra

Com informações do site Gazeta Digital.

Categorizado em: