Consumidores gastam 83,5% mais quando usam cashback

Um novo estudo realizado pela Izio&Co revelou informações significativas sobre o uso do cashback como estratégia para atrair e reter clientes. A pesquisa analisou o comportamento de 1,4 milhão de consumidores em 20 empresas varejistas e constatou que o cashback aumenta em 83,5% o gasto médio em compras.

Esse formato inovador de marketing tem se mostrado extremamente eficaz para impulsionar as vendas. O valor médio dos produtos adquiridos pelos consumidores que utilizaram o cashback registrou um aumento de 17,6%. Além disso, foi observado que a diferença no valor gasto entre os clientes que aproveitaram essa modalidade e os que não utilizaram oscilava entre 60% e 120%, um fato atribuído à maior frequência de compra por parte do primeiro grupo.

O Diretor de Inteligência de Dados da empresa, Carlos Venturini, destaca a clareza, a simplicidade e a ausência de burocracia nesse modelo como principais benefícios para os estabelecimentos e seus clientes. Venturini também ressalta que essa estratégia é mais ágil e eficiente do que outras alternativas disponíveis para aumentar a visibilidade da marca, engajar o público-alvo e garantir a fidelização dos consumidores.

Com base na pesquisa realizada pela Izio&Co, foi possível constatar que mais de 1 milhão de consumidores já haviam realizado compras anteriores nas lojas participantes e receberam seu primeiro cashback em janeiro de 2023. Surpreendentemente, o estudo revelou que esses clientes tiveram um gasto médio por pessoa 31,5% mais alto após receberem o benefício. Esses números indicam que os consumidores se sentem mais confiantes e confortáveis em gastar mais quando têm a garantia de receber parte desse valor em sua próxima compra.

Diante dessas informações, fica evidente que o cashback se tornou uma ferramenta quase indispensável para o cenário varejista atualmente competitivo, contribuindo para impulsionar as vendas e melhorar a qualidade dos negócios. As empresas têm a flexibilidade de adaptar a geração de crédito conforme sua realidade e podem aproveitar esse recurso para ampliar sua visibilidade no mercado.

Portanto, considerando os resultados dessa pesquisa recente, fica claro que o cashback é uma estratégia eficaz e impactante para atrair e reter clientes. Seu potencial de aumento do gasto médio em compras é notável, além de oferecer benefícios como maior visibilidade da marca, engajamento do público-alvo e fidelização dos consumidores.

Estudo sobre o Cashback
Um novo estudo realizado pela Izio&Co analisou o comportamento de 1,4 milhão de consumidores em 20 empresas varejistas e revelou informações significativas sobre o uso do cashback como estratégia para atrair e reter clientes.
O cashback aumenta em impressionantes 83,5% o gasto médio em compras.
O valor médio dos produtos adquiridos pelos consumidores que utilizaram o cashback registrou um aumento de 17,6%.
A diferença no valor gasto entre os clientes que aproveitaram o cashback e os que não utilizaram oscilava entre 60% e 120%.
O Diretor de Inteligência de Dados da empresa, Carlos Venturini, destaca a clareza, a simplicidade e a ausência de burocracia nesse modelo como principais benefícios para os estabelecimentos e seus clientes.
Essa estratégia é mais ágil e eficiente do que outras alternativas disponíveis para aumentar a visibilidade da marca, engajar o público-alvo e garantir a fidelização dos consumidores.
Mais de 1 milhão de consumidores já haviam realizado compras anteriores nas lojas participantes e receberam seu primeiro cashback em janeiro de 2023.
Esses clientes tiveram um gasto médio por pessoa 31,5% mais alto após receberem o benefício.
O cashback se tornou uma ferramenta quase indispensável para o cenário varejista atualmente competitivo, contribuindo para impulsionar as vendas e melhorar a qualidade dos negócios.
O cashback oferece benefícios como maior visibilidade da marca, engajamento do público-alvo e fidelização dos consumidores.

Com informações do site Mercado e Consumo.

Categorizado em: