Crime organizado: conheça as facções mais dominantes do Brasil

No Brasil, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, existem 53 organizações criminosas ativas. A facção com maior controle é o Primeiro Comando da Capital (PCC), que está em disputa com o Comando Vermelho (CV). Essas duas principais facções competem pelo poder em 11 estados brasileiros e no Distrito Federal. O PCC opera apenas em três estados e enfrenta outras organizações criminosas em 13 estados. Já o CV opera somente em dois estados.

A Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo estima que o PCC conta com um total de 112.000 membros recrutados, divididos hierarquicamente entre associados, soldados, líderes e altos funcionários. Entre abril de 2018 e julho de 2019, esses membros geraram receitas de R$1 bilhão para a facção. Vale destacar que o crescimento do PCC foi impulsionado pelas suas filiais nos Estados Unidos, América do Sul e África. Além de adquirir drogas como maconha e cocaína de países produtores, a organização também as exportava para a Europa. Outro aspecto importante é que o PCC possui receitas provenientes de pelo menos 78 empresas utilizadas para lavagem de dinheiro, como postos de gasolina e criptomoedas. Somente essas empresas foram responsáveis por receitas de R$32 bilhões em quatro anos.

Além dessas informações sobre o PCC e CV, é importante mencionar que segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública existem 51 outras organizações criminosas espalhadas pelo país.

No Norte, por exemplo, temos a presença de facções como Bonde dos 13, Ifara, FDN (Família do Norte), TCP (Terceiro Comando Puro), Crias da Tríplice e outras.

Já no Nordeste, o PCC e o CV também estão presentes em alguns estados. Além deles, existem outras organizações como Katiara, Comando Paz, Caveira, Banda Loca, entre outras.

No Centro-Oeste brasileiro temos a presença do PCC e CV em alguns estados.

Na região Sudeste temos a presença do PCC no Espírito Santo e Minas Gerais. O Rio de Janeiro é dominado pelo CV, além de contar com a presença de outros grupos criminosos como Amigos dos Amigos, Terceiro Comando Puro e as Milícias.

Por fim, na região Sul há a atuação do PCC no Paraná e Rio Grande do Sul. Além disso existem outros grupos pesados como Abertos , Bala na Cara , Os Manos (Os Irmãos) , Comando pelo Certo (Comando Justo) , Farrapos , Unidos pela Paz entre outros.

Em suma, esses são os principais dados sobre as organizações criminosas ativas no Brasil atualmente. É necessário um amplo trabalho das autoridades para combater essa realidade preocupante que envolve não só o tráfico de drogas mas também lavagem de dinheiro e exportação ilegal de entorpecentes. A cooperação entre os Estados e uma atuação efetiva das polícias é fundamental para minimizar os impactos dessas organizações na sociedade brasileira.

Organizações CriminosasAtuaçãoMembros
Primeiro Comando da Capital (PCC)Disputa com o Comando Vermelho (CV) em 11 estados e no Distrito Federal. Opera em três estados e enfrenta outras organizações criminosas em 13 estados.112.000 membros
Comando Vermelho (CV)Disputa com o PCC em 11 estados e no Distrito Federal. Opera em dois estados.Não informado
Outras organizações criminosasPresentes em todo o país, incluindo facções como Bonde dos 13, Ifara, FDN, TCP, Crias da Tríplice, Katiara, Comando Paz, Caveira, Banda Loca, Amigos dos Amigos, Terceiro Comando Puro, Milícias, Abertos, Bala na Cara, Os Manos, Comando pelo Certo, Farrapos, Unidos pela Paz, entre outros.Não informado

Com informações do site G1.

Categorizado em: