Em uma celebração de talentos e expressão cultural, o Ministério Público de Alagoas (MPAL) lançou na sexta-feira, 15 de março de 2023, o I Caderno Literário na Biblioteca Ernani Méro. O evento, situado no bairro do Poço, reuniu membros do setor jurídico, estagiários e servidores do MPAL para promover suas obras literárias e visuais, marcando um importante passo no fortalecimento da cultura regional.

O volume inaugural do Caderno Literário surge como uma plataforma inovadora para a disseminação da criatividade interna do MPAL, destacando a arte dos seus colaboradores. A iniciativa foi idealizada pela Escola Superior do MPAL sob a liderança do procurador Walber José Valente de Lima em conjunto com outras figuras proeminentes como Márcio Roberto Tenório de Albuquerque – procurador-geral de Justiça – e o desembargador José Carlos Malta Marques.

O lançamento contou com a presença de um público diversificado, incluindo autores que figuram na publicação e entusiastas das artes literárias. Carlito Lima, escritor renomado, contribuiu com uma introdução significativa ao caderno, enfatizando seu valor cultural e educacional. A atmosfera do evento foi marcada pelo orgulho institucional e pela valorização dos trabalhos apresentados.

Reconhecimento Literário e Cultural

O procurador Walber Valente destacou durante o evento a importância simbólica do Caderno Literário para a instituição. As obras foram amplamente elogiadas por suas qualidades narrativas e poéticas, ressaltando a capacidade dos autores em provocar reflexões profundas nos leitores.

A influência cultural de Carlito Lima foi lembrada por seu papel enquanto secretário de Cultura em Marechal Deodoro, onde incentivou diversos segmentos culturais relacionados à literatura. Márcio Roberto aproveitou a ocasião para enfatizar como a obra contribui positivamente para a imagem do Ministério Público e celebra as habilidades dos envolvidos no projeto.

O encerramento do ciclo de discursos se deu com uma performance poética da jornalista Dulce Melo que recitou um cordel próprio, intitulado “Tudo junto e misturado”, refletindo a sinergia cultural do evento. A iniciativa não só reafirma o compromisso com a cultura literária no estado mas também destaca as multifacetadas vocações dos membros do MPAL.

Com este primeiro caderno publicado, abre-se caminho para futuras edições que prometem explorar ainda mais as habilidades criativas dos participantes, transcendendo as atividades burocráticas e jurídicas habituais do Ministério Público.

EventoData e LocalDetalhes
Lançamento do Caderno Literário pelo MPAL15 de março de 2023, Biblioteca Ernani Méro, Procuradoria-Geral de Justiça, AlagoasMarco cultural com obras de membros do setor jurídico, estagiários e servidores do MPAL
Objetivo da IniciativaCelebrar e disseminar talentos literários e visuais internos do MPAL
Participantes ImportantesWalber José Valente de Lima, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, Lean Araújo, Maurício Pitta, Eduardo Tavares, José Carlos Malta Marques, Carlito Lima
ContribuiçõesIntrodução por Carlito Lima e performance poética por Dulce Melo
Impacto CulturalPromove a cultura literária em Alagoas e destaca as vocações dos membros do MPAL

Com informações do site Ministério Público de Alagoas – MPAL.

Categorizado em: