Em uma homenagem ao icônico “Castelo Rá-Tim-Bum”, a TV Cultura lançou em outubro de 2023, durante as comemorações do Dia das Crianças, a série derivada “Morgana e Celeste”. A produção, que revisita o universo mágico através das personagens Morgana, a feiticeira centenária, e Celeste, sua companheira serpente, promete reviver memórias e encantar novas audiências ao explorar uma inédita área do Castelo: o porão. Com gravações iniciadas em setembro após cuidadosa preparação cenográfica, a série traz um cenário repleto de elementos nostálgicos e novos desafios para a produção.

Ao adentrarmos os bastidores de “Morgana e Celeste”, observamos um cenário onde as raízes da árvore central do Castelo se entrelaçam com a história. A decisão de focar na interação entre as duas personagens principais, interpretadas por Rosi Campos e Álvaro Petersen, reflete uma estratégia consciente frente às restrições orçamentárias, resultando em uma dinâmica simplificada porém rica em conteúdo.

O spin-off apresenta um objetivo pedagógico alinhado ao entretenimento, com episódios que propõem uma viagem pelo tempo através de objetos antigos encontrados por Morgana no porão do Castelo. Embora o show original contasse com um elenco mais amplo, a nova série aposta na profundidade da relação entre Morgana e sua serpente falante. E mesmo sem a presença de Adelaide, a gralha, o legado da série-mãe permanece intacto.

Inovação e Nostalgia

Além da preservação da essência original, “Morgana e Celeste” incorpora inovações técnicas, como efeitos especiais avançados que vão desde inserções virtuais tridimensionais até manipulações de clima. Petersen também compartilha os desafios de dar vida à cobra Celeste, que agora demanda um maior espectro vocal e até um novo bordão para acompanhar o já famoso “Nossaaaa”.

A série já conta com seis episódios que foram exibidos diariamente, com mais capítulos programados para o futuro. Esses episódios são fruto do trabalho apaixonado dos artistas envolvidos, que se dedicam não só à manutenção do legado criativo mas também à exploração de novas formas de educar e entreter. Assim, “Morgana e Celeste” se estabelece como um elo afetivo entre gerações, mantendo viva a magia peculiar do Castelo Rá-Tim-Bum, ao mesmo tempo em que homenageia esse patrimônio cultural com simplicidade e sinceridade.

EventoDetalhesData
Estreia de “Morgana e Celeste”Nova série na TV Cultura, spin-off do “Castelo Rá-Tim-Bum”Outubro de 2023
Início das GravaçõesPreparação cenográfica desde julho, gravações em setembroSetembro de 2023
AmbientePorão do Castelo, com elementos do Castelo original
ProtagonistasMorgana e Celeste; ausência de Adelaide
ProduçãoEscopo reduzido devido a restrições orçamentárias
Missão PedagógicaEducação e entretenimento; viagem pelo tempo com objetos antigos
EpisódiosSeis episódios curtos exibidos diariamente, mais futuros agendados
Efeitos EspeciaisUso de inserções virtuais e manipulações climáticas
DesafiosRenovação interpretativa da cobra Celeste com maior diálogo
Tributo CulturalAmpliação afetiva e homenagem à série original

Com informações do site TV Cultura.

Categorizado em: