Em resposta ao fechamento de agências do INSS em Natal, servidores do Instituto Nacional do Seguro Social organizam atos de protesto. Duas unidades foram desativadas, e outra está prevista para fechar em abril de 2024, afetando serviços essenciais como a assistência jurídica. Uma manifestação está marcada para 15 de abril, às 8h, em frente à Agência da Previdência Social Natal Sul. O evento é liderado pelo Sindicato dos Trabalhadores Federais em Previdência, Saúde e Trabalho no Rio Grande do Norte (Sindprevs/RN), que destaca a relevância da unidade e o impacto negativo do encerramento para a população local.

A situação das agências do INSS em Natal reflete uma política de redução da presença estatal iniciada na gestão Bolsonaro e que persiste mesmo com a mudança presidencial. O Sindprevs/RN emitiu um comunicado detalhando a importância da APS Natal Sul, que atende cerca de 200 mil habitantes, e convoca a população para resistir contra o possível fechamento. A entidade sindical também aponta para a necessidade de novos concursos públicos para suprir o déficit de funcionários, estimado em 20 mil profissionais em nível nacional.

Mobilização Sindical e Reivindicações

O Sindprevs/RN busca apoio junto a outros sindicatos e organizações democráticas para fortalecer o movimento contra o encerramento das agências. As reivindicações incluem a realização imediata de concurso público, restauração dos serviços presenciais ao público, implementação de planos de carreira específicos ao setor e jornadas de trabalho reduzidas para 30 horas semanais.

A crítica ao fechamento das instalações do INSS não se limita à questão operacional: ela toca diretamente na vida dos moradores das zonas Leste e Norte de Natal. Francismar Maia, diretor do Sindprevs/RN, enfatiza o impacto significativo dessa medida, citando como exemplo a remoção dos serviços periciais médicos da Zona Norte desde junho deste ano, prejudicando meio milhão de cidadãos.

As mobilizações buscam garantir que as agências permaneçam abertas ou que se encontrem alternativas viáveis sem prejuízo à população. O Sindprevs/RN destaca ainda a urgência na contratação de novos profissionais e convida a comunidade a se informar sobre o assunto através da nota emitida pela entidade esta semana.

EventoData e HoraLocal
Protesto contra fechamento de agências do INSS15 de abril, 8hAPS Natal Sul
Agências FechadasRibeira e Zona Norte; previsão de fechamento da unidade Sul em abril de 2024
Serviço ExclusivoAssistência jurídica na agência Sul
OrganizadorSindprevs/RN
ImpactoAprox. 200 mil habitantes afetados; remoção de serviços periciais médicos da Zona Norte
Demanda dos ProtestosConcurso público, recuperação de serviços presenciais, planos de carreira, jornada de 30h
Carência de ProfissionaisEstimativa de falta de 20 mil profissionais no INSS

Com informações do site Agência SAIBA MAIS.

Categorizado em: