Ministro da Justiça recebe Diretor Global da Interpol para fortalecer cooperação internacional na luta contra o crime

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, recebeu o Diretor Global da Interpol, Ahmed Naser Al-Raisi, no Palácio da Justiça para uma reunião em que fortaleceram a colaboração entre o Brasil e a renomada força policial global. A visita de Al-Raisi faz parte das comemorações do centenário da organização.

O encontro entre o ministro Flávio Dino e o diretor da Interpol teve como objetivo reforçar o compromisso mútuo na luta contra o crime organizado. Durante a reunião, foram discutidas estratégias de cooperação e ações conjuntas para combater as atividades criminosas que transcendem fronteiras.

O ministro expressou sua gratidão pela visita de Al-Raisi e ressaltou a importância da Interpol na luta contra o crime. Ele destacou a colaboração entre a Interpol e a Polícia Federal no Brasil e ofereceu cooperação contínua no combate ao crime organizado.

O Diretor-Geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, também participou da reunião e ressaltou a importância histórica da visita de Al-Raisi ao Brasil. Segundo Rodrigues, essa visita fortalece a segurança pública tanto no âmbito nacional quanto internacional.

A reunião também foi uma oportunidade de celebrar o centenário da Interpol e formalizar o Tratado de Brasília, que estabelece Ameripol. A Ameripol é uma organização dedicada à troca de informações policiais, operações conjuntas e treinamento de seus membros. A assinatura do Tratado Constitutivo da Ameripol representa um marco legal ao reconhecer essa entidade como internacional.

No contexto dessa colaboração internacional, a Polícia Federal desempenha um papel crucial como representante da Interpol no Brasil. Com oficiais servindo dentro da Interpol e um escritório central em Brasília, eles mantêm uma relação direta e efetiva com a organização. Essa representatividade destaca o Brasil entre os 195 países participantes.

Durante a reunião, também foi discutida a questão da sucessão na liderança da Interpol. O Brasil demonstrou grande expectativa em relação a Valdecir Urquiza, um potencial candidato qualificado para o cargo de Secretário-Geral da organização. Caso ele seja escolhido, será o primeiro latino-americano a ocupar essa posição.

Fundada em 1923 e sediada em Lyon, França, a Interpol é a maior organização do mundo dedicada à aplicação da lei penal internacional. Com sua ampla atuação no combate ao terrorismo, cibercrime, crime organizado e outros delitos, desempenha um papel essencial na manutenção da segurança global. Através de seus bancos de dados criminais e redes de comunicação, facilita a colaboração efetiva entre as instituições de aplicação da lei em todo o mundo.

A visita de Ahmed Naser Al-Raisi ao Brasil fortalece ainda mais a cooperação entre o país e a Interpol, consolidando os esforços conjuntos na luta contra o crime internacional e evidenciando o compromisso brasileiro com a colaboração internacional.

Ministro da Justiça e Segurança Pública recebe Diretor Global da Interpol
O ministro Flavio Dino se reuniu com Ahmed Naser Al-Raisi para fortalecer a colaboração entre Brasil e Interpol.
Destaque para a importância da Interpol na luta contra o crime e a cooperação contínua no combate ao crime organizado.
Visita de Al-Raisi faz parte das comemorações do centenário da Interpol.
Brasil formaliza Tratado de Brasília e estabelece Ameripol
Assinatura do Tratado Constitutivo da Ameripol representa um marco legal ao reconhecer a entidade como internacional.
Brasil destaca-se na Interpol
Polícia Federal brasileira mantém relação direta e efetiva com a Interpol, destacando o país entre os 195 participantes.
Brasil demonstra expectativa em relação à sucessão na liderança da Interpol
Valdecir Urquiza é um potencial candidato qualificado para o cargo de Secretário-Geral da organização.
Interpol: maior organização do mundo dedicada à aplicação da lei penal internacional
Atua no combate ao terrorismo, cibercrime, crime organizado e outros delitos.
Facilita a colaboração efetiva entre as instituições de aplicação da lei em todo o mundo.
Visita de Al-Raisi fortalece a cooperação entre Brasil e Interpol na luta contra o crime internacional.

Com informações do site Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Ministro Flávio Dino e a Interpol reforçam seu compromisso de luta contra o crime organizado.

Categorizado em: