Incidente chocante: mulher é morta a tiros pelo namorado em Goiás

Um crime brutal chocou a cidade de Jataí, região sudoeste de Goiás, no último sábado (4). Uma mulher de 23 anos foi morta a tiros pelo seu parceiro de 27 anos. O crime foi registrado em vídeo pela própria vítima momentos antes de ser atingida pelo disparo letal.

A filmagem angustiante mostra a mulher filmando o homem, que segura uma arma nas mãos. Enquanto conversam casualmente, o agressor aponta a arma em direção a ela e dispara um tiro fatal. A vítima desaba e a gravação é abruptamente interrompida.

Namorado é preso por homicídio qualificado

Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 22h do último sábado. A jovem, identificada como Ielly Gabriele Alves, foi encontrada sem vida no Hospital das Clínicas.

O namorado da vítima foi encontrado no hospital e afirmou que estavam em um veículo quando foram abordados por dois indivíduos em uma motocicleta. Ele relatou que um dos suspeitos sacou uma arma de fogo e disparou contra Ielly. No entanto, essa versão levantou suspeitas por parte da polícia.

Após a revisão do celular da vítima, as autoridades encontraram imagens do próprio assassinato. Baseado nessa evidência, o namorado foi preso pela Polícia Militar sob acusação de homicídio qualificado.

Investigação em andamento

A Polícia Civil está investigando o caso e busca mais informações para esclarecer os detalhes do depoimento do suspeito. Esse triste incidente é mais um exemplo da violência doméstica que resulta na perda trágica de uma vida jovem.

As autoridades continuam empenhadas em garantir que a justiça seja feita e que casos como esse não fiquem impunes.

Notícia
Em um incidente chocante ocorrido em Jataí, região sudoeste de Goiás, uma mulher de 23 anos foi mortalmente baleada e assassinada pelo seu parceiro de 27 anos. O crime foi registrado em vídeo pela própria vítima momentos antes de ser atingida pelo disparo letal.
A filmagem angustiante mostra a mulher filmando o homem, que segura uma arma nas mãos. Enquanto os dois conversam casualmente, em dado momento o agressor aponta a arma em direção a ela e dispara um tiro fatal. Pouco depois, a vítima desaba e a gravação é abruptamente interrompida.
Até o momento desta atualização, não foi possível contatar a defesa do suspeito responsável pelo homicídio. De acordo com informações da Polícia Militar, o crime teria acontecido por volta das 22h do último sábado (4). Após serem acionados para comparecer ao Hospital das Clínicas, as autoridades constataram que a jovem identificada como Ielly Gabriele Alves já estava sem vida quando chegaram ao local.
O namorado da mulher foi encontrado no hospital pelos agentes policiais. Ele relatou que estava dirigindo um veículo com sua parceira quando foram abordados por dois indivíduos em uma motocicleta. Segundo ele, o passageiro sacou uma arma de fogo e efetuou o disparo fatal contra Ielly. No entanto, essa versão apresentada pelo namorado levantou suspeitas por parte da polícia.
Diante dessa inconsistência no depoimento do suspeito, as autoridades decidiram verificar o celular da vítima. Foi então que encontraram imagens do seu próprio assassinato. O Major Ulisses Cortez da PM declarou: “Devido à inconsistência no depoimento do seu namorado, a polícia revisou o celular da vítima e encontrou imagens de seu assassinato”.
Com base nessa evidência, o namorado foi preso pela Polícia Militar sob acusação de homicídio qualificado, caracterizado por traição, emboscada, engano ou qualquer outro meio que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima.
Esse incidente representa mais uma triste história de violência doméstica que resultou na perda trágica de uma vida jovem. As autoridades continuam investigando o caso para garantir que a justiça seja feita.

Com informações do site G1.

Categorizado em: