Tolerância de consumidor com apagões prolongados não existe mais, alerta Feitosa – CanalEnergia

No evento da última semana, o diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Sandoval Feitosa, destacou a importância de observar as mudanças no comportamento dos consumidores de eletricidade e eventos extremos. A insatisfação dos consumidores com cortes prolongados de energia tem se tornado um tema recorrente, impactando negativamente nos índices de satisfação e nas sanções aplicadas às empresas do setor.

Em março, Feitosa ressaltou a necessidade de uma mudança de postura por parte das empresas concessionárias de distribuição, evidenciando a falta de paciência dos consumidores diante dessas situações. No mesmo evento, foi destacado que as cooperativas têm obtido maior aprovação dos consumidores em comparação com os distribuidores tradicionais.

Desafio para os distribuidores

Isso levanta questionamentos sobre a capacidade dos principais distribuidores em oferecer um serviço equiparável ou superior, considerando seus recursos financeiros mais robustos. Feitosa desafia os reguladores elétricos a identificar tendências relacionadas ao comportamento do cliente e investir em melhorias regulatórias ligadas à satisfação do consumidor.

Renovação Gentil Nogueira Jr., Secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, ressaltou durante o evento a atual fase de mudanças significativas vivenciada pelos consumidores. As expectativas em relação ao fornecimento energético estão em ascensão, exigindo das empresas distribuidoras excelência nos serviços prestados.

Diante desse cenário, iniciativas como consultas públicas para discutir melhorias regulatórias, inovações nas relações entre consumidor e distribuidor e a introdução do pagamento via PIX para faturas elétricas têm sido adotadas pela Aneel. Essas medidas buscam não apenas atender às crescentes demandas dos consumidores, mas também promover um setor energético mais eficiente e alinhado com as expectativas da sociedade.

Adequação às novas demandas

O panorama atual evidencia a urgência de adequação por parte das empresas do setor elétrico para melhor atender às novas demandas dos consumidores e garantir um serviço satisfatório e confiável. A busca pela excelência no fornecimento energético se apresenta como uma prioridade diante desse cenário em constante evolução.

DestaqueResumo
Sandoval FeitosaDiretor geral da Aneel destaca importância de atentar para alterações no comportamento dos consumidores e eventos extremos.
Insatisfação dos consumidoresCortes prolongados de energia resultam em impactos negativos nos índices de satisfação e nas sanções aplicadas às empresas do setor.
Cooperativas vs. Distribuidores tradicionaisCooperativas têm maior aprovação dos consumidores, levantando questionamentos sobre a qualidade do serviço dos distribuidores tradicionais.
Renovação Gentil Nogueira Jr.Secretário de Energia destaca mudanças significativas vividas pelos consumidores e a necessidade de excelência nos serviços prestados pelas distribuidoras.
Iniciativas da AneelConsultas públicas, inovações nas relações entre consumidor e distribuidor e pagamento via PIX para faturas elétricas visam atender demandas crescentes e promover eficiência no setor energético.
Adequação das empresas do setor elétricoNecessidade urgente de melhor atender às novas demandas dos consumidores e garantir um serviço satisfatório e confiável.

Com informações do site CanalEnergia.

Categorizado em: