A tecnologia está finalmente no centro da economia brasileira?

Em um panorama abrangente da economia brasileira, a agricultura sempre foi o setor dominante, representando 24,8% do PIB nacional no último ano. No entanto, as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) têm ganhado destaque recentemente, contribuindo com 6,6% do PIB em 2023. O crescimento anual consistente de 6,9% nos últimos cinco anos aponta para uma tendência ascendente significativa no setor.

A crescente relevância das tecnologias reflete a busca constante por inovação e modernização no país.

A introdução de empresas multinacionais de software, como a TOTVS, demonstra o potencial do Brasil nesse cenário. Mais de 87% da população tem acesso à internet, impulsionando a demanda por produtos e serviços digitais. A presença massiva de dispositivos eletrônicos evidencia o grande potencial do mercado de tecnologia nacional.

Setores tradicionais também são impactados positivamente pela expansão tecnológica. O comércio eletrônico tem se destacado, com 85% dos brasileiros realizando compras online mensalmente. Isso evidencia a importância da conectividade para o crescimento econômico. Além disso, o Brasil lidera na América Latina a implementação da tecnologia 5G, ampliando significativamente a cobertura e possibilitando novas oportunidades de negócio.

No segmento de TIC, aproximadamente dois milhões de pessoas estão empregadas no Brasil, representando 4% dos postos de trabalho do país. Profissionais especializados em desenvolvimento de software, administração de banco de dados e suporte técnico são altamente demandados nesse cenário em constante evolução. Os salários médios nessas áreas superam os R$5.000 mensais.

Projeções futuras indicam investimentos expressivos em tecnologias emergentes como computação em nuvem, IoT e inteligência artificial nos próximos anos. Esses investimentos prometem impulsionar ainda mais a economia brasileira e consolidar o país como um importante player global no setor tecnológico.

O Brasil caminha rumo à modernização econômica impulsionada pelas TIC, expandindo horizontes e abrindo portas para um futuro cada vez mais digital e inovador.

SetorParticipação no PIBDestaques
Agricultura24,8%Setor dominante da economia brasileira.
Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC)6,6%Crescimento anual consistente de 6,9% nos últimos cinco anos.
Empregos em TIC4% dos postos de trabalhoProfissionais especializados em alta demanda com salários médios acima de R$5.000 mensais.

Com informações do site “Estadão”.

Categorizado em: